por Lígia Velozo Crispino

mar

Da beira do meu abismo-pele

O medo que me habita

Também me impulsiona

E salto para o mergulho

Em meu mar interior

De águas profundas

De lágrimas

Com ondas revoltas.

Imensidão da minha existência.

Lago - Lígia Velô

Salto para o mergulho

Em meu lago interior

De águas claras

Espelho reflexo

De toda a beleza vivida

Leveza e aconchego.

Paz da minha existência.

Rio - Lígia Velô

Salto para o mergulho

Em meu rio interior

De correnteza e força

Que desbrava a terra

Onde meus pés

Mantêm a ancoragem

Da comunhão com a natureza.

Força da minha existência.

______________________________________________________

 

Foto Lígia Conversar

Lígia Velozo Crispino

Lígia Velô

Fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas (https://www.companhiadeidiomas.com.br). Mobilizadora cultural à frente do Sarau Conversar. Graduada em Letras e Tradução pela Unibero. Coautora do Guia de Implantação de Programas de Idiomas, autora do livro de poemas Fora da Linha, com participações em várias coletâneas no Brasil e uma em Portugal. Colunista da Revista Exame e do portal Vagas Profissões.

@ligiaveloarte (Instagram)

https://www.flickr.com/photos/163623107@N08/

ligiacrispino@gmail.com

www.ligiacrispino.com